Searching...
sábado, 26 de abril de 2014

Pratos de comida falsa nos restaurantes japoneses

No Japão, os restaurantes costumam exibir os menus numa vitrina ou num pequeno mostruário junto à entrada. Os menus são compostos por amostras feitas de plástico, silicone ou PVC e são tão realistas que parecem mesmo verdadeiros. Estas réplicas são conhecidas como Fake Food (comida falsa) ou “Tabe mono no Sanpuru - たべもののサンプル” (Amostras de alimentos).
As amostras de alimentos acabam por ser uma ótima ajuda para os estrangeiros que não dominam a língua japonesa. Afinal de contas, basta apontar o dedo que o empregado entenderá logo qual o prato que escolheu.
Esta ideia teve origem numa loja de Tóquio no ano de 1917. Na época essas réplicas de alimentos eram feitas de cera, mas atualmente, elas são feitas de plástico e silicone. Os modelos realistas dos pratos são geralmente feitos sob encomenda por empresas especializadas. Impressionam pela riqueza dos detalhes. Podemos encontrar todos os tipos de pratos retratados de forma muito fiel, como sushi, tempurá, kare risu, karaage, takoyaki, tonkatsu e dezenas de variedades de ramen, udon e soba. As réplicas também são fiéis em relação ao tamanho e a quantidade das porções.
A grande vantagem disso é que ao escolher um prato da amostra, você não irá sentir-se enganado, nem terá surpresas desagradáveis, pois a réplica é idêntica ao prato real oferecido pelo restaurante.

As amostras de alimentos são geralmente feitas à mão a partir de cloreto de polivinilo (PVC), que são esculpidos para se parecer com os pratos reais. Alguns restaurantes japoneses chegam a gastar mais de 1 milhão de Ienes por um menu completo. E há empresas de Fake Foods que chegam a faturar biliões de Ienes por ano.
Existem lojas que vendem as amostras de alimentos como em Kappabashi Dori, em Tóquio e Doguyasuji, em Osaka. Empresas como Iwasaki Be I, fundada por Takizo Iwasaki em 1932, tem mais de 10 fábricas localizadas em Gujo Hachiman. Nesta cidade também há duas oficinas (Sample Village Iwasaki e Sample Kobo) que contam a história e mostram como as réplicas são feitas. Existem também vários sites que vendem as réplicas, tais como o nagao sample e o Fake Food Japan.
Então, são ou não são umas autênticas obras de arte? Eu nem quero imaginar o tempo que demora para as réplicas alcançarem na perfeição como vemos nas imagens.

1 comentários:

  1. Boa noite Kongming.
    Passando para conferir a matéria dos pratos de comida falsa nos restaurantes japoneses.
    São perfeito e acho uma ótima ideia,pois deixar uma comida de verdade exposta por muito tempo fica com uma aparência esquisita.Os japoneses sabe realmente como desperdiçar alimentos e isso é uma observação que a todos deviam seguir. (h) :d

    Agradecendo por partilhar e sempre que postar temas tipo
    estes, me indique, pois adoro prestigiar os amigos.Abraços
    sempre.
    ClaraSol.

    ResponderEliminar

 
Back to top!