Searching...
domingo, 30 de março de 2014

Pingyao – A cidade ancestral

A cidade de Pingyao é um condado da Província de Shanxi, da República Popular da China. Está localizada a cerca de 720 km de Beijing e 80 km da capital da Provincia, Taiyuan. Pingyao foi um centro financeiro da China durante a Dinastia Qing. A sua história remonta há 2700 anos e é conhecida como uma das cidades antigas melhor preservadas em todo o mundo. A cidade ainda possui 50 mil habitantes e é famosa pela sua bem preservada muralha da cidade antiga, além disso, é um Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1997.
Mantém ainda o seu dispor de cidade das dinastias Ming e Qing, em conformidade com um padrão típico Bagua. Mais de 300 locais em, ou próximo da cidade, têm ruínas antigas. O condado tem por volta de 4000 residências preservadas no estilo Ming e Qing. As ruas e as lojas, ainda em grande parte, conservam a sua aparência histórica.
As muralhas da cidade de Pingyao foram construídas no terceiro ano do império de Hongwu (1370). As paredes têm seis portões. Os lados norte e sul têm ambos um portão. Os lados Este e Oeste têm duas portas cada. Este padrão é semelhante ao de uma tartaruga (a cabeça, a cauda e quatro patas), por isso Pingyao ganhou o apelido de “Cidade Tartaruga”.
As paredes medem cerca de 12 metros de altura e um perímetro de 6 000 metros. Além das quatro torres estruturadas nos quatro cantos, há também 72 torres e mais de 3000 ameias. Em 2004, uma parte das paredes do Sul entrou em colapso, mas já foi reconstruída. No entanto, as restantes partes da muralha ainda estão intactas e são consideradas entre as muralhas mais bem preservadas. Isso faz com que as paredes da cidade sejam monumento central do Patrimônio.
Desde 2007, a organização sem fins lucrativos ‘Global Heritage Foundation’ (GHF) tem trabalhado juntamente com o governo de Pingyao para proteger a cidade contra vários problemas, tais como turismo em massa e desenvolvimento descontrolado. O objetivo declarado pela GHF para o projeto é melhorar a preservação da herança cultural de Pingyao em abordagens mais abrangentes e sistemáticas. Abordando como parte de um programa integrado de planeamento, conservação e desenvolvimento, preservando a arquitetura vernacular, revitalizar e estimular as artes tradicionais e estabelecer zonas históricas especiais.

Então, o que você acha sobre a cidade? Se você já esteve lá como turista, agradecia que partilhasse a sua experiência connosco, pode enviar comentários para aqui ou no FB.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!