Searching...
terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Natal no Oriente: China

Na China há Natal?Como é que os chineses comemoram o Natal? São algumas das perguntas que mais me fazem nesta época do ano, aqui no ocidente. Apesar de muitas tradições terem as suas origens nas celebrações pagãs, o Natal é um feriado cristão para celebrar o nascimento de Jesus Cristo. Como os chineses batizados como cristãos (católicos e evangélicos) são cerca de 1% da população, o Natal não é uma data muito importante, um feriado ou algo que se possa dinamizar o comércio e a cidade. Contudo, essa pequena parcela da população ainda celebra com o intuito verdadeiramente cristão.
O Ano Novo Chinês é o feriado mais importante na cultura chinesa. Ainda assim, isso não significa que o Natal é completamente ignorado. Na realidade, as celebrações acontecem um pouco por todo país, sendo que as atividades festivas decorrem sobretudo nas igrejas. Onde é possível ver também as árvores de Natal enfeitadas, luzes, músicas e no final da missa é distribuído aos participantes um cabaz de Natal, composto habitualmente por bolos, frutas e doces. Lembro-me quando eu era pequeno, ia com a minha família a igreja evangélica da nossa aldeia, todos os anos por volta de Novembro no Calendário chinês, Recordo-me igualmente da felicidade que ficava, só por receber aquele cabaz de Natal na saída da missa. Os velhos tempos da infância…
Nas famílias cristãs mais crentes também costumam montar um pinheirinho em casa nesta altura do ano e trocam presentes na manhã de Natal. Enquanto na ceia ou no almoço de Natal, costumam usar mais a carne de porco assada, frango e sopa no melhor estilo chinês. No final a ceia terá mais parecenças com um banquete do Ano Novo Chinês do que um jantar de Natal propriamente dita.
As comemorações de Natal estão a tornar-se cada vez mais populares na China. Especialmente nas áreas urbanas, onde você pode encontrar árvores de Natal, luzes e outros efeitos nas ruas e nas lojas. As crianças penduram meias na esperança de que o “Sèngdàn lâorén” (o Pai Natal em versão chinesa) venha visitar e deixar presentes. A participação em missas de Natal também está a tornar-se mais popular nos últimos anos
Nas grandes cidades como Shanghai, Beijing e Hong Kong, onde a parcela de estrangeiros é muito grande e geralmente os restaurantes, hoteis preparam ceias e as pessoas compram presentes. O comércio e a população estão bem conectados com o ‘bom velhinho’. Muitas crianças passeiam nas ruas com os gorros vermelhos (até porque lá as temperaturas estão próximos dos 0°. nesta época) e arregalando os olhinhos em frente as árvores de Natal, que possuem toda exuberância que a China sabe fazer como ninguém. O mais interessante é que a maioria do comércio mantém os efeitos até as celebrações do Ano Novo Chinês, afinal o vermelho e dourado são as principais cores das duas celebrações.
Agora o mais irritante nesta época do ano nas grandes cidades chinesas, é que parece que só existe uma única música de Natal em todo o mundo… “I wish you a Merry Christmas, I wish you a Merry Christmas, I wish you a Merry Christmas and Happy New Year…” Ó meu Deus… é assim em todas as lojas, restaurantes, elevadores, hospitais… É de enlouquecer…
A abertura económica e política que vem sendo praticada na China há mais de 30 anos resultaram em maior liberdade de expressão aos chineses, às religiões e às escolhas pessoais. Para quem vê na ótica de um país democrático, ainda parece pouco. Mas olhando pela história da China, os passos foram gigantes! Ainda assim, o Natal nas terras de Mao ainda tem uma conotação muito mais comercial e de acordo com o Ma Zhichao, diretor de pesquisas da Academia de Ciências Sociais de Shanxi, em declarações a China Daily, este tipo de festa é para os chineses uma época de boas compras, oportunidades de fazer bons negócios, um ‘Shopping Festival’.
Inclusive os elementos de Natal estão a ser adaptados à cultura local, como os dumplings, os instrumentos musicais e as roupas. Independentemente do significado religioso, que muitos nem sabem que existe, há o desejo de terem um Feliz Natal, cheio de presentes e decorações acolhedoras para o inverno rigoroso chinês.

Espero que tenha gostado de ler o artigo e aproveito para desejar um feliz Natal e um grande Ano Novo para todos. 
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!