Searching...
segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Kombini – As lojas de conveniência no Japão

Se você é uma pessoa que está familiarizado com a cultura japonesa, com certeza, já se apercebeu da importância que as lojas de conveniência têm para os japoneses.
O fenómeno apareceu nos finais da década de 60 no Japão, e hoje existem cerca de mais de 50 mil kombini espalhados por todo o Japão. Estas lojas que parecem mini mercados estão por toda a parte, mesmo nas grandes superfícies comerciais.
O facto de estarem abertos 24 horas por dia e 365 dias por ano fazem destas lojas um verdadeiro sucesso e um recurso imprescindível no Japão. Um facto interessante é que a grande maioria das lojas de conveniência no Japão pertencem a grande empresas como Seven Eleven, Lawson, Family Mart, Circle K, Sunkus, Ministop, AM PM, Save on, Daily Yamazaki, Coco e outras mais pequenas como são o caso de Heart in, Seicomart, Spar, etc. Mas afinal o que se vende neste tipo de lojas? Bem, podemos encontrar praticamente de tudo um pouco. Desde comida pronta a comer, pães, doces, salgados, todo o tipo de bebidas, incluindo alcoólicas e bebidas quentes engarrafadas. Também podemos encontrar uma enormidade de gelados de todos os sabores e feitios, cigarros, artigos de papelaria, guarda-chuvas, produtos de higiene, produtos de beleza, medicamentos, roupa, comida para animais, louça, revistas, mangás, etc. E por falar em livros, uma curiosidade interessante sobre isso é que muitos japoneses embora tenham o hábito de folhar as revistas aos quadradinhos, dificilmente compram tais revistas. Por isso, é muito habitual ver japoneses sentados ou em pé a ler magazines como se estivessem numa biblioteca. Outros factores que contam muito a favor das lojas de conveniência é que não se limitam apenas à venda de alimentos e outros produtos, mas também oferecem uma infinidades de outros serviços como correios, caixas bancárias ATM com vários bancos integrados e venda de bilhetes para espectáculos, cinema, transportes, impressão de fotos digitais, entre outros.
Além disso, a sua rapidez e excelência de atendimento também são motivo de orgulho para estas empresas. O único senão deste tipo de lojas é que obriga a que o seus clientes falem fluentemente japonês, já que se trata de um serviço de contacto com o público.
Tudo isto faz com que as Konbini apesar da sua pequena dimensão, sejam um elemento indispensável no Japão.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!