Searching...
segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Metade dos jovens na China faz sexo sem usar contracetivos


Uma pesquisa realizada na China sobre a saúde reprodutiva (amostra de 22 mil jovens) pela Comissão Nacional de Trabalho sobre Crianças e Mulheres constatou que mais de 50% dos entrevistados sexualmente ativos responderam que não usaram qualquer contracetivo na sua primeira relação.
De acordo com as estatísticas do China Daily, 21,3% das mulheres sexualmente ativas disseram que tinham tido uma gravidez indesejada, 91% das quais abortaram e 19% das que abortaram a primeira vez afirmaram que voltaram a fazê~lo mais tarde.
Mais de 13 milhões de abortos são realizados anualmente na China.
Mo Lixia, vice-diretora do departamento de desenvolvimento familiar que integra na Comissão Nacional de Planeamento Familiar e Saúde disse que a prioridade a curto/médio prazo será a integração da educação sobre saúde reprodutiva para os jovens estudantes universitários.
Ela chamou as escolas, universidades e comunidades para ajudar a melhorar o conhecimento sobre sexo seguro dos jovens na China.
A grande maioria dos pais chineses são declaradamente a favor de uma maior aposta na educação sexual nas escolas e nas universidades, como resposta à surpreendente taxa de aborto e à frequência de infeção pelos virús HIV que têm vindo a aumentar.
Os moradores de Shanghai que necessitam de preservativos podem obtê-los gratuitamente junto do governo municipal local.


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!