Searching...
terça-feira, 24 de setembro de 2013

Consumo de chá no Japão


O chá está intrinsecamente ligada à cultura e gastronomia do país dos samurais e, os japoneses não passam um dia sem esta bebida milenar. O chá mais popular no Japão é o chá verde, especialmente por se tratar do elemento fulcral do Chanoyu (Cerimónia do Chá).
O chá verde foi importado da vizinha China e acabou por se tornar uma bebida tradicional na sociedade japonesa, símbolo da sofisticação e do status. É frequente encontrar o seu consumo tanto em lanches como em ocasiões especiais, onde é saboreado juntamente com doces japoneses, denominados de wagashi.

Nos passeios em família, é frequente as pessoas levarem garrafas térmicas com chá verde para matar a sede. Esta bebida também está sempre presente em restaurantes, lojas de especialidade e muitas versões industrializadas em máquinas automáticas e em prateleiras de supermercados.
No Verão é possível encontrar o chá gelado, enquanto no Inverno, existe uma grande variedade de chás quentes. O povo japonês gosta de tomar chá o ano inteiro e o que não falta é uma grande variedade de chás de diferentes marcas para atender a toda esta procura.


A Itoen é uma das marcas mais populares, com a sua série Oi Ocha. Da esquerda para a direita:
- Oi Ocha Ryokucha
- Oi Ocha Koi Aji
- Oi Ocha Hojicha
- Oi Ocha Genmaicha
- Oi Ocha Ryokucha (versão aquecida)
- Oi Ocha Koi Aji (versão aquecida)
- Oi Ocha Ryukucha (versão instantânea)

Existe uma grande diversidade de chás no Japão. Conheça alguns dos mais procurados.

Ryokucha (chá verde)

O chá verde (Camellia sinensis) é o chá mais popular no Japão, no qual existe uma grande diversidade consoante a época do ano em que as folhas são recolhidas e a sua exposição ao sol. Os três tipos mais comuns são Gyokuro, Sencha e Bancha.
O Gyokuro representa a versão mais pura do chá verde. Durante semanas, as folhas são protegidas da luz solar antes de serem apanhadas na primeira época de colheitas, o que ajuda a manter a sua qualidade nutricional e, consequentemente, este chá é o mais caro.
Enquanto as folhas usadas para a produção do Sencha não são sujeitas a proteção da luz solar.
Por fim, o Bancha, um chá mais suave, cujas folhas são recolhidas no verão. Este chá de cor castanha é servido gratuitamente nos restaurantes nipónicos.

Matcha (chá verde em pó)

O Matcha é o tipo de chá verde utilizado para servir em Chanoyu. As suas folhas de alta qualidade são secadas e transformadas em pó, de seguida, mistura-se com a água quente. Este chá também é muito utilizado em doces e sorvetes no Japão, inclusive, existe Kit Kat com sabor Matcha.

Konacha (chá verde residual)

O Konacha é um chá produzido a partir da mistura de vários tipos de chás, incluindo o chá verde em pó, brotos e pequenas folhas de chás que sobraram após o processamento do Gyokuro ou Sencha. Por ser considerado um chá de qualidade inferior, é comum encontra-lo gratuitamente em diversos restaurantes.

Hojicha (chá verde torrado)

O chá Hojicha caracteriza-se pelas suas folhas assadas, assumindo uma cor castanha avermelhada. O processo de transformação provoca alterações químicas nas folhas, contribuindo para que o chá seja mais doce e com um aroma caramelizado. Por ser leve e doce, este chá é habitualmente servido ás crianças e aos idosos.

Genmaicha (chá verde com arroz torrado)

Genmaicha é feito com base em grãos não polidos de arroz integral. São depois torrados e misturados com folhas de chá. O genmai assado faz com que o chá fique amarelo e a apresentar um sabor especial. É geralmente servido como um substituto do chá verde normal. Também é chamado de “Chá Pipoca”, pois é normal alguns grãos de genmai estourarem durante o processo de torramento.

Kocha (chá preto)

A palavra Kocha significa em português “chá vermelho” e retrata a sua cor castanha avermelhada, apesar de ser conhecido popularmente por chá preto. Existe vários tipos de Kocha, depende do grau de oxidação das folhas. Kocha é possível de encontrar em cafés e restaurantes do estilo ocidental.

Jasmine-cha (chá com flores de jasmim)

O chá de jasmim é mais popular em Okinawa do que no resto do Japão. Em Okinawa, este chá é conhecido como Sanpincha. É feito através da combinação de flores de jasmim e chá verde ou chá oolong, o que faz com que o chá adquira um sabor subtil e um aroma de flor, bem diferente dos restantes chás.

Mugicha (chá de cevada)

O Mugicha é um chá feito por infusão de cevada torrada na água. Possui um sabor ligeiramente amargo e queimado, o que pode não agradar a todos os paladares. A bebida é servida fria especialmente durante o Verão, e alguns consideram que este chá é o mais indicado para as crianças, porque não contém cafeína.

Kombucha (chá de Kombu)

O chá de Kombu é produzido a partir do pó de algas kombu em água quente. Kombuchá é servido, ás vezes, em alguns ryokans (hotéis tradicionais japoneses) como uma forma de dar as boas-vindas.

Sobacha (chá de trigo sarraceno)
Sobacha é feito com sementes de trigo sarraceno torrado, apresentando um sabor maltado e pode ser consumido quente ou frio. Dizem que este chá possui propriedades antioxidantes e desintoxicantes, além de ser rico em fibras, o que contribui para dar sensação de saciedade e é um bom aliado para quem está de dieta.

Amacha (chá de Hortênsia ma-cha)

Amacha significa “chá doce” e refere-se ao seu sabor natural (resultado da presença de dulcin). É feito com folhas fermentadas de hortênsia (Hydrangea macrophylla). Este chá é bastante procurado nas cerimônias de comemoração do Kambutsue (aniversário do Buda), no dia 8 de abril.

Ochazuke (arroz com Chá verde)

O ochazuke na verdade não é nome de chá, mas sim, de um muito conhecido prato de Japão. Trata-se de um prato que combina os dois ingredientes essenciais da gastronomia japonesa, arroz branco e chá verde. Num chawan (tigela) coloca-se uma porção de gohan (arroz branco japonês cozido), acrescentado de temperos prontos e chá verde quente, resultando assim numa espécie de ensopado de arroz.
Embora este prato seja bem popular no Japão, a combinação de arroz e chá pode não agradar o paladar da maioria dos ocidentais.
Agora que você já conhece mais um pouco sobre o consumo de chás japoneses, partilhe connosco as suas preferências.


1 comentários:

  1. sabe qual é o problema com o tal do chá? tem sabor de água suja e é horrível,apenas isso....

    ResponderEliminar

 
Back to top!