Searching...
quinta-feira, 1 de novembro de 2012

O Halloween na Ásia

O Halloween é uma comemoração de origem pagã e uma das mais antigas festividades celebradas por pessoas de culturas diferentes em todo o mundo. Esta celebração está ligada a um povo inglês: os celtas. Esta festa tem como principal objectivo a celebração dos mortos. Reza a lenda que na noite de 31 de Outubro, o deus da morte permite os espíritos descerem à terra para espalhar o ódio e o terror. A invasão dos romanos às ilhas britânicas no ano de 43 d.C. impulsionou a difusão dos usos e costumes célticos pelo Mundo. Contudo, a influência do cristianismo na sociedade acabaria por extinguir estas tradições no final do séc. II d. C. Com o passar do tempo, muitas das velhas tradições célticas foram retomadas ressuscitando o Halloween como uma festa onde as pessoas usam fantasias para encarnar as mais variadas personagens.

No ocidente, a maioria dos países esculpem abóboras e mascaram-se nas mais diversas criaturas durante o dia 31. No entanto, na Ásia a celebração do Halloween é ligeiramente diferente.

Na China, as pessoas têm o costume de oferecer água e comida e utilizam lanternas de luzes para guiar os espíritos que atravessam a terra dos vivos nessa noite. Além disso, as pessoas visitam os templos budistas e fazem barcos de papel. O objectivo é lembrar todos os que morreram e libertar os seus espíritos das inquietudes do mundo terrestre, para que possam seguir o seu caminho. Para os chineses, as almas inquietas são espíritos reencarnados e criaturas assustadoras resultantes de uma morte trágica. Eles consideram que estar em volta destas almas dá má sorte, por isso são realizados lindos cânticos como meio de libertação dos espíritos.

Em Hong Kong, o costume é muito idêntico ao praticado na China. Também para eles, o objectivo do Halloween é conduzir os espíritos de volta para o seu mundo. Aqui, muitas pessoas queimam imagens de frutas ou mesmo dinheiro como sinal de respeito pelos defuntos. 



 

No Japão, eles têm uma forma muito própria de comemorar esta época conhecida como Halloween Festival Obon. São preparados grandes banquetes e lanternas vermelhas são penduradas em todas as casas para que os espíritos possam encontrar facilmente a casa dos seus familiares. As famílias também aproveitam para limpar as campas dos seus entes queridos, pois acreditam que estes voltam sempre aos locais de origem. Ao contrário das restantes culturas, o Halloween é comemorado durante os meses de Julho/Agosto.





Na Coreia, o Halloween também é festejado no mês de Agosto. As famílias juntam-se e visitam os túmulos dos falecidos e oferecem comidas e bebidas para mostrar o seu respeito aos seus antepassados.

 Independentemente da cultura, o Halloween é uma época de união durante a qual as pessoas comemoram e homenageiam os espíritos de parentes falecidos e entes queridos.

 


China

Hong Kong

Coreia

Japão
Artigo escrito pela colaboradora Vanessa Cardoso.  Quem tiver interesse em colaborar connosco saiba mais aqui.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!