Searching...
sexta-feira, 6 de julho de 2012

Kanamara Matsuri – O Festival do Pénis

Kanamara Matsuri é o festival mais sexual do Japão e tem como ponto central a adoração do pénis.
Realiza-se, anualmente, no primeiro domingo de Abril na cidade de Kawasaki (Japão).
O evento envolve uma série de ilustrações, doces, verduras e decorações alusivas ao pénis, assim como o desfile do mikoshi que nada mais é do que um veículo que transporta a divindade, neste caso, o pénis.
Este festival concentra-se no venerado Santuário do Pénis, muito popular entre as prostitutas que recorriam a ele para rogar por protecção contra as doenças sexualmente transmissíveis.
Existem várias lendas locais que estarão na base desta devoção indiscutivelmente incomum. A mais conhecida conta-nos a história de um demónio de dentes afiados que se escondia na vagina de uma rapariga e que terá castrado os seus noivos na noite de núpcias. Nisto, a jovem decide recorrer a um ferreiro que terá criado uma ferramenta específica para quebrar os dentes do demo e desta forma livrá-la da maldição.

No entanto, desengane-se quem pensa que este festival se centraliza unicamente no pénis.
Também é conhecido como a festa da fertilidade, em que homens e mulheres se juntam para pedir ajuda espiritual. A maioria das preces centraliza-se na obtenção de filhos saudáveis, um casamento harmonioso e prosperidade na família, o que nos leva a outra lenda da terra que diz que “a mulher que encostar as mãos nas esculturas nunca terá problemas em engravidar”.

Todos os anos são esperados mais de 1 milhão de visitantes que se juntam aos habitantes locais na comemoração da data. O dinheiro arrecadado é revertido para a pesquisa do vírus HIV que atinge cerca de 8 100 pessoas por ano no Japão.
Não deixa de ser interessante a existência de um festival deste tipo se olharmos para os japoneses como um poço de conservadorismo quando se trata de manifestações afectuosas em espaços públicos. Mas o que seria o Japão sem as suas extraordinárias particularidades!
Confira as fotos do festival aqui:









Artigo escrito pela colaboradora Vanessa Cardoso.  Quem tiver interesse em colaborar connosco saiba mais aqui.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!