Searching...
sexta-feira, 15 de junho de 2012

Etnias: O Fantástico mundo da Minoria Miao

Conhecida pela sua grandiosidade populacional, a China acolhe cerca de 1,3 mil milhões de habitantes divididos em 56 etnias, sendo a Han a maior de todas correspondendo a 90% da população e os restantes 10% às minorias.
Etnia Miao

Etnia Miao 

Miao é uma das 55 nacionalidades que pretende sobressair num país onde reina a diversidade linguística e cultural. Correspondendo a cerca de 5 milhões de habitantes, a maioria encontra-se a residir em Guizhou, e as restantes em províncias como Yunnan, Hunan, Sichuan, Guangdong, Hubei e a região autónoma da etnia Zhuan do Guangxi, no Sudeste da China.

Sendo um dos povos mais antigos da China, estes podem falar inúmeros dialetos, resultado das diferentes características e zonas locais, embora sempre que necessário recorram à língua Han para a comunicação inter-regional.
Como habitantes da montanha, as suas atividades estão diretamente ligadas à terra, sendo a agricultura, a pesca e a caça, a base da sua subsistência.
Etnia Miao

Um dos aspetos mais marcantes deste povo são os seus maravilhosos trajes de cores e feitios diversos, podendo estes variar de acordo com o sexo, a idade e a ocasião. Um dos exemplos mais conhecidos pertence às famílias residentes em Guizhou. Os rapazes usam fato azul e turbante na cabeça. As raparigas, turbantes e aquestos de antílope bordados em pontos-chave do corpo como os ombros, as mangas e o peito. As cores vivas e o efeito tridimensional são os pontos fulcrais deste vestuário de peças notáveis e admiráveis. O tema natureza também está bastante vincado, não fossem os Miao um povo das montanhas. Elementos como as flores, os pássaros, os insetos e os peixes são os mais evidenciados.
Trajes Etnia Miao

Num país onde o conservadorismo é um dos aspetos mais marcantes, desengane-se quem pensa que esta característica é mais evidente em províncias de pequena envergadura. Os casamentos são um dos exemplos mais alusivos a esta realidade. Ao contrário do que seria de esperar as famílias assumem um papel secundário, sendo os jovens a decidir com quem pretendem casar-se.
Como povo festivo que são, costumam organizar grandes festas ao longo do ano, sendo as mais conhecidas a do “Ano Novo” que contrariamente às restantes etnias, celebram no mês de outubro, depois da colheita de outono, onde touradas, provas típicas, dança e música, são elementos imprescindíveis. Outra igualmente sabida é a festa dos “Barco-dragão” que decorre durante o mês de junho. Nesta época, os habitantes costumam concentrar-se à beira dos rios, ao som de tambores e muito fogo de artifício, enquanto os barcos realizam diferentes regatas ao longo da margem.
Barcos Etnia Miao

Uma das suas outras particularidades é o seu gosto pelo canto e pela dança, tal como o seu plurismo oral, refletido nas suas canções. O coro também é muito popular, especialmente, nas províncias de Guizhou e Yannan. Os seus tons vibrantes, e emotivos refletem o carácter espontâneo e alegre deste povo montanhês.
Danças Etnia Miao

Referindo já algumas das atividades mais praticadas pelos Miao, sem dúvida que a mais efusiva é a tourada, um costume essencialmente ocidental.
Em países como Portugal e Espanha estamos acostumados a que as touradas sejam uma disputa direta entre o touro e o toureiro. No entanto, para estes o confronto decorre entre dois touros. O público tende a gritar e a aplaudir incentivando o conflito entre os dois animais até resultar no ferimento ou morte de um dos dois.
Touradas Etnia Miao

Não deixa de ser irónico constatar as familiaridades existentes em pequenos detalhes do dia a dia deste povo com o de muitas populações ocidentais. Independentemente da razão, sem dúvida, que o aspeto mais extraordinário desta população está na sua simplicidade agradavelmente confortante. Aconselho todos o que queiram visitar os países do Leste, a fazer uma paragem nas terras dos Miao e deixarem-se envolver no seu ambiente festivo.

Artigo escrito pela colaboradora Vanessa Cardoso.  Quem tiver interesse em colaborar connosco saiba mais aqui.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!