Searching...
quarta-feira, 2 de maio de 2012

Comida Japonesa - Receita de Tempurá

O tempurá é um dos pratos mais clássicos e atraentes da culinária japonesa. Sua massa leve e crocante encanta qualquer pessoa. Consiste em pedaços fritos de vegetais ou mariscos envoltos num polme fino. A fritura é realizada em óleo muito quente, durante muito pouco tempo. 
A grande curiosidade é que a receita do tempurá foi introduzida no Japão por missionários portugueses durante o século XVI, particularmente na cidade de Nagasaki, fundada igualmente pelos navegadores portugueses.

Comida japonesa- Tempura



Ingredientes:
  • 6 camarões médios
  • 1 beringela pequena
  • 1 cenoura
  • 1 cebola
  • 1 pimentão verde
  • couve-flor
  • brócolos
  • espargos
  • quiabo
  • massa
  • 1 ovo
  • 300 ml de água gelada
  • 280 g de farinha de trigo
  • 1 colher de café de sal

Molho Tensuyo:
  • 2 xícaras de água
  • 3 colheres de sopa de saquê mirim
  • 3 colheres de sopa de shoyu
  • 1 colher de café de dashi
  • pitada de glutamato monossódico
  • 1 colher de sopa de nabo ralado
  • 1 colher de sopa de gengibre ralado

Modo de Preparo:

1.Prepare a massa misturando a água fria ao ovo, misture bem e acrescente o sal.
2.Coloque os líquidos sobre a farinha misturando delicadamente, não é preciso deixar a massa muito lisa.
3.Deixe descansar por 10 minutos.
4.Prepare o molho colocando em uma panela a água, saque, shoyu, glutamato e dashi, leve ao fogo e ferva por 1 minuto, deixe esfriar e acrescente o nabo e gengibre.
5.Reserve.
6.Limpe os camarões mantendo o rabo.
7.Faça pequenos cortes na parte interna dos camarões (isso evita que eles enrolem quando forem fritos).
8.Corte a beringela, pimentão, cebola e cenoura em fatias, pré-cozinhe a couve-flor e separe as flores.
9.Faça o mesmo com os brócolos.
10.Passe cada ingrediente em farinha de trigo e depois na massa do tempura.
11.Frite em óleo quente e escorra em papel absorvente.
12.Sirva com o molho.
Fonte da receita: Tanaka Nippon House

Um vídeo do chefe Roberto Moriya:
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!