Searching...
domingo, 29 de abril de 2012

Hábitos de alimentação japonesa


Os Japoneses, ou melhor, os asiáticos em geral são reconhecidos por terem uma alimentação saudável. Japão é um dos poucos países onde a obesidade não é uma preocupação da maioria da população e com uma das maiores taxas de esperança média de vida. O que comem os Japoneses para manter este estilo de vida?

Peixe e algas marinhas

Estes são um dos alimentos diários da população japonesa e tal não é estranho por óbvias razões geográficas. Constituída por ilhas, pescar era um dos principais meios de subsistência passando a ser um hábito hoje em dia, e é por isso que a pesca continua a ser um sector muito activo no Japão. Como muitos devem saber, Japão tem a tradição de comer peixe cru - sashimi, peixe é reconhecido por ter alto teor de ómega 3 o que ajuda a estimular a actividade cerebral, baixo teor calorífico e proteínas. Também comem peixe cozido mas cru continua a ser o mais preferido. Algas marinhas são outra base essencial de alimentação, que mais uma vez tem baixo teor calorífico, e os mais consumidos são kombu, nori e wakame.
Sushi

Soja e derivados

Este alimento é utilizado em quase todos os pratos cozidos e crus uma vez que o shooyu (molho de soja) e o óleo de soja são frequentemente utilizados no tempero da comida. Os japoneses consomem essencialmente derivados de soja, o tofu (queijo de soja) tanto cru como cozido com legumes ou miso, um produto fermentado de soja. A sopa Misoshiro, também conhecida pelo diminutivo Miso é uma das sopas de destaque no Japão. Em média, os japoneses consomem 200 gramas de derivados de soja e mais uma vez, este é um produto de baixo teor calorífico.
Tofu

Vegetais e legumes

O terceiro prato indispensável num jantar japonês são os legumes. Apesar do reduzido espaço agrícola recorrem às técnicas modernas para uma utilização eficiente do solo. Os japoneses gostam de consumir refogados de legume, mais especificamente da abóbora japonesa - kabocha, bardana - goboo, broto de feijão - moyashi, broto de bambu - takenoko, cogumelos secos - shiitake, espinafre japonês - horenso e raiz de lotus - renkon. 
Takenoto, broto de bambu

Ao contrário do que muitos poderiam ter pensado que o arroz seria a base essencial numa refeição japonesa, para os japoneses os três mencionados acima são os principais alimentos a considerar. Claro que em todas as refeições consomem arroz mas sendo um produto constituído por hidrato de carbono o consumo deste é em pouca proporção. Além disso também moderam no consumo de açúcar, um japonês consome em média 20 quilos de açúcar por ano (os americanos consomem 71 quilos por ano) e beneficiam de cereais naturais que contêm menos açúcar. A proporção de consumo de carne vermelha também é baixa reduzindo assim a ingestão de gordura saturada, principalmente de origem animal.
Contudo, o principal factor está na variedade de alimentos que os japoneses consomem. Em média, um japonês prepara 100 variedades de alimentos por semana em comparação de 30 variedades na alimentação de um americano e 45 de um brasileiro. Adicionalmente fazem mais de três refeições por dia e em pouca quantidade para evitar excessos na alimentação.

E é desta maneira que os japoneses mantêm uma dieta saudável e livre de muitas doenças que podem ser evitadas. Para os mais curiosos podem experimentar a receita de Bo-Zushi ou então para os mais atrevidos experimentar Nyotaimori.

"Você é aquilo que você come"
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!