Searching...
segunda-feira, 29 de agosto de 2011

"O cliente tem sempre razão"



Para aqueles que já trabalharam num restaurante ou loja já devem estar mais do que fartos em ouvir esta expressão: "o cliente tem sempre razão".
O cliente é que está certo, o cliente é que manda, o cliente está acima de tudo, ou pelo menos é o que o patrão nos diz, mas será que é sempre assim?

Ainda no outro dia, já no fim da noite, chegaram uns últimos clientes da noite para jantar. O facto de terem vindo tão tarde já era o mau suficiente mas como se não bastasse assim que as entradas saíram começaram a reclamar. Primeiro afirmaram que a sopa tinha um sabor esquisito e depois queixaram-se de que o arroz não estava bom.
O procedimento normal perante estes casos é trocar a comida, ou caso não queiram, não cobrar pelos pratos que voltaram atrás.
Receber um pouco menos é um mal menor, o importante é que o cliente fique satisfeito disse o patrão. Então e quando o cliente se torna mal educado?

Essas três pessoas que vieram tarde apenas um deles era adulto e no entanto as sopas voltaram para trás só porque um dos adolescentes provou uma colher e afirmou não ter gostado. Quando as tigelas de arroz chegaram à mesa o mesmo adolescente afirmou que o arroz não estava bom.
O empregado perguntou porque é que o arroz não lhe agradava o adolescente apenas respondeu: "então coma você à minha frente" e ainda acrescentou "quando terminar quero que me traga o livro de reclamação" e confirmou que o motivo da reclamação devia-se ao facto de a comida não lhe agradar.

Escusado será dizer que o livro de reclamações não serve para tais casos, estes existem em caso de falta de higiene e segurança no trabalho ou quando um dos empregados é indelicado com o cliente.
É impossível um restaurante agradar a toda a gente do planeta mas é absurdo pedir o livro de reclamações por esse motivo.

Como seria de esperar, no fim, não quiseram pagar o que veio para trás e ainda afirmou de que era regra universal não ser obrigado a pagar por um prato que não gostaram, pronunciado que o "cliente tem sempre razão".
Na minha opinião, a partir do momento em que o cliente é rude e mal educado perde toda a razão. Este tipo de comportamento demonstra total falta de respeito pelo trabalho dos outros.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!