Searching...
quarta-feira, 27 de julho de 2011

Submarino chinês tripulado desce a 5.057 metros de profundidade


Não foi o maior "mergulho tripulada da História -. longe disso. Mas constitui uma proeza em termos de rapidez: descer 5.057 metros em menos de três horas, não é para qualquer um. O "Jiaolong" marcou terreno para a China no fundo do mar e valeu-lhe um avanço na corrida aos muito cobiçados jazigos submarinos de matérias-primas.



O Jiaolong - nome de um mitológico dragão do mar - não desceu tanto como o Shinkai, submarino japonês que atualmente detém o record de profundidade, com um mergulho de 6.500 metros. E menos ainda bateu o histórico record do submarinista francês Jacques Piccard, que há meio século, em 1960, conseguira descer 11.000 metros no Oceano Pacífico. Nem o Jiaolong nem nenhum outro submarino atual se encontram em condições de igualar a proeza de Piccard.

Mas a proeza do Jiaolong foi, para a China, uma estreia triunfal, disputando aos Estados Unidos, França, Rússia e Japão o oligopólio em matéria de mergulho submarino de grande profundidade. No próximo ano, os responsáveis chineses esperam ganhar ao submarino japonês o record atual de mergulho de profundidade, atingindo então os 7.000 metros.

A rivalidade em torno destas marcas nada tem de desportivo. Os mares do Sul da China encontram-se hoje em disputa entre os vários países ribeirinhos, que procuram ter acesso aos jazigos de metais que aí se conhecem, ou a outros cuja existência se suspeita. Entre esses metais encontram-se o ouro, a prata, o cobre, o níquel e o cobalto, bem como matérias-primas para indústrias de high tech.

A China já comprou à Autoridade Internacional dos Fundos Marinhos, com sede na Jamaica, os direitos de exploração sobre 75.000 quilómetros quadrados do Oceano Pacífico e dedica-se agora a apurar a tecnologia que lhe permita consolidar em termos práticos essa antecipação jurídica. A exploração efetiva é dos fundos marinhos a essas profundidades é hoje considerada demasiado dispendiosa para ser rentável, mas a tendência altista dos preços de certos metais pode a médio prazo mudar esse quadro.

fonte:http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Submarino-chines-tripulado-desce-a-5057-metros-de-profundidade.rtp&article=464606&layout=10&visual=3&tm=7
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Back to top!